F Revista Novo Perfil

Revista Novo Perfil Inicio

sábado, 23 de agosto de 2014

Em nota o professor Belarmino esclarece os motivos da saída da segunda gerencia de ensino e reafirma apoio ao reeleição do Governador Ricardo Coutinho, contrariado assim algumas especulações de rompimento com Ricardo Coutinho.   

NOTA SOBRE MEU PEDIDO DE EXONERAÇÃO

Gostaria de comunicar aos amigos e amigas que nossos grupos de pesquisas em Geografia da UEPB, conseguiram aprovar o primeiro mestrado em Geografia de nossa UEPB, por unanimidade do CONSUNI. Todos sabem das exigências da CAPES/CNPq. Nesse sentido e como membro do corpo docente desse novo programa, tenho que me dedicar exclusivamente as atividades acadêmicas e docentes, da UEPB, meu setor de origem. Como estava afastado com Cargo em Comissão, nomeado pelo Exmo. Governador Ricardo Coutinho e para não prejudicar as atividades da 2ª Gerência Regional de Educação, optei por Pedir Exoneração desse cargo e me voltar unica e exclusivamente para as atividades de graduação, pós-graduação e pesquisa da UEPB. Nesse sentido o Governador Ricardo Coutinho atendeu ao meu pedido e encaminhou minha exoneração no dia 22 de agosto de 2014, conforme Diário Oficial. Como tentaram propagar que o governador havia me exonerado e que eu estava sendo perseguido. Venho através dessa nota, desmentir tais boatos e dizer que o meu compromisso político com a reeleição de RC-40 continua firme e forte, pois Ricardo Coutinho DeNovo é o melhor para os paraibanos. Aproveito para reafirmar o meu compromisso com a Educação Paraibana em todos os níveis e ao lado da professora Márcia Lucena, Antonieta Nóbrega, Carol Lubambo, Ana Celia Lisboa, Aparecida Uchoa, Antonio Rangel Junior, Eliane Moura,Edvaldo Carlos De Lima, Luciene Arruda, Ana Gloria Marinho, Cleoma M Toscano Henriques, Célia Regina Diniz, Juarez NogueiraMarcelo Bandeira Ferraz, Berg Ginú, Tânia Maria Dos Santos Cavalcante, Joana d'Arc, Agassiz Almeida Filho, Danielle Alexa, Monica Guedes, José Otávio Silva, Amarildo H. Lucena, João Andrade, Joel Cavalcante, Valnir Meneses, Danila Menezes, Edvaldo Rosas, Estela Bezerra, Pedro Francisco da Silva, Barbosa Ferreira, Flávio Romero, Luciano Barbosa Justino e muitos/as outros/as companheiros/as, continuaremos fortalecendo a educação paraibana em todos os níveis, principalmente quando vemos que o governo da Paraíba, investiu em importantes parcerias entre a UEPB e a Secretaria de Educação, como o nosso curso de especialização em Fundamentos da Educação, maior pós-graduação do Brasil, totalmente financiada pelo governo da Paraíba.

‪#‎AvanteParaíba‬!

Revista Novo Perfil

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

A Juíza Niliane Meira, do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba acatou um novo pedido de liminar interposto pelo candidato a deputado Leandro Wagner, do PPL, e decidiu impugnar mais duas pesquisas de intenção de votos registradas nos últimos dias perante á justiça eleitoral do Estado. Foram alvos do pedido de impugnação duas pesquisas do Instituto Souza Lopes registradas no Tribunal Regional Eleitoral sob números 07/2014 e 10/2014.

A liminar foi concedida ontem, no dia do debate, às 21 horas. O advogadoresponsável é Franscisco Ferreira. 

Os argumentos usados pelo advogado foram várias irregularidades no registro das pesquisas que deveria ter informado, após sete dias do registro inicial, os dados dos municípios e bairros onde foram coletadas as informações de intenções de voto.

"Mais uma vez , o Instituto Souza Lopes , assim como também incorreu o IPESP na ultima pesquisa divulgada e suspensa pela justiça , não respeitaram a lei eleitoral. Ora , como confiar nos dados de uma pesquisa onde a empresa pesquisadora não traz a conhecimento da justiça eleitoral os dados obrigatórios para conferência da veracidade e autenticidade das informações ? Como confiar nos números de uma pesquisa que tem sete dias para trazer esses dados e passa meses sem apresentar? Durante esse tempo todo, pode haver qualquer manipulação nos questionários e consequentemente nos dados e números para divulgação . Por isso a resolução 23.400 do TSE exige o tempo de no máximo sete dias para apresentação desses dados internos", concluiu o advogado.

Agora ao todo, já são cinco pesquisas suspensas pela justiça eleitoral por irregularidades e descumprimento da lei . Dessas cinco , quatro foram realizadas pela Souza Lopes encomendada pelo Sistema Correio e uma pelo IPESP , encomendada pelo Jornal da Paraíba, com sede em Campina Grande.

Revista Novo Perfil Online
Fonte: PBagora

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Com as presenças de Renata Campos, viúva de Eduardo Campos, e das principais lideranças do partido na esfera nacional e no estado, o PSB realizou um ato nesta segunda-feira (18) para homenagear o ex-governador de Pernambuco, morto num acidente aéreo na quarta-feira (13), e convocar a militância para atuar nas eleições deste ano.

O evento foi realizado em uma casa de recepção no Recife, um dia depois do enterro de Campos. No ato, a viúva pediu votos para Paulo Câmara, candidato ao governo de Pernambuco pelo PSB, e para o candidato ao Senado do partido, Fernando Bezerra Coelho.

A mulher de Eduardo Campos chegou ao local acompanhada pelos filhos. Ela foi muito aplaudida por centenas de militantes e ouviu um coro de: "Renata, vice" e "Renata, guerreira, do povo brasileiro". Ela é cotada para ser vice na chapa liderada por Marina Silva, mas ainda "resiste" à ideia, segundo parentes.

Nesta segunda, Renata completa 47 anos. Ela é mãe dos cinco filhos de Eduardo Campos, o mais novo com menos de sete meses. Durante o evento, a militância cantou parabéns para a viúva. Também foi exibido um vídeo de cerca de dois minutos com declarações de Eduardo Campos, no qual citou que um dos ideais era continuar o trabalho do avô, Miguel Arraes, e acabar com a pobreza no país. Campos pede, no vídeo, votos para Paulo Câmara.
Em sua primeira declaração pública após a morte do marido Eduardo Campos, Renata Campos discursou para a militância.

"Vim porque sei da vontade dele e da importância de eleger Paulo [Câmara], Raul [Henry, candidato a vice-governador] e Fernando [Bezerra Coelho]. Acho que só depende de nós. Estou aqui com João, Duda, Pedro, José Henrique e Miguel para dizer Paulo, Raul e Fernando, contem com a gente."

Ela disse que vai participar da campanha eleitoral "por dois" depois da morte do marido. "Eu, como participei a vida toda de campanhas, não será diferente nessa. Tenho a impressão que tenho que participar por dois."
Revista Novo Perfil Online
Fonte: G1

Por volta da 07h00min horas da manhã deste Domingo 17 de agosto de 2014, Vários populares começaram a entrar dentro das casas em um conjunto habitacional no município de Dona Inês no Curimatá paraibano.


O Conjunto é localizado próximo ao matadouro público municipal, no sitio Tapuio, já próximo a Comunidade Cruz da Menina; o Conexão Notícias esteve no local e ouviu a população que relatou que já estava casada de tanto esperar pela conclusão e entrega da casas, pois já fazia mais de quatro anos que o prefeito prometeu as casas ao povo e não havia entregado.


O Conjunto habitacional é composto por 40 Casas, todas inacabadas, porém a maioria já coberta, com portas, janelas; já outras apenas levantadas. O referido conjunto é um projeto do Programa minha casa minha vida do Governo Federal junto com a CEHAP Companhia de Habitação da Paraíba em Parceria com a Prefeitura de Dona Inês.


O cadastro foi Feito pela Secretaria Municipal de Ação Social e Habitação de Dona Inês a mais de dois anos que iria fazer uma lista dos possíveis beneficiados; na parceria com a prefeitura consistia em doar o terreno em local de fácil acessibilidade para a população com a infra-estrutura básica, como: meio fio, calçamento, água encanada, requisição de instalação elétrica pela Energiza, toda documentação necessária por parte da prefeitura.

Critério para liberação dos recursos para a conclusão das casas depende da infra-estrutura que prefeitura se comprometeu a fazer, porem temos as informações que o local e as condições de acesso foram considerados irregulares pela fiscalização da obra, por este motivo não foram liberados o restante do dinheiro.

Caber ao prefeito fazer a parte que é de responsabilidade da prefeitura pra que as casas sejam concluída e entregues as população.


Revista Novo Perfil Online
Fonte/Fotos: Conexão Notícias







Pesquisa feita pelo Datafolha para o jornal "Folha de S.Paulo" divulgada na edição desta segunda-feira (18) mostra Dilma Rousseff (PT) com 36% das intenções de voto para presidente, seguida de Marina Silva (PSB), com 21%, e Aécio Neves (PSDB), com 20%.

É a primeira pesquisa que inclui um cenário em que a ex-senadora Marina Silva é o possível nome do PSB no lugar do ex-governador Eduardo Campos, que morreu na quarta-feira (13), em um acidente de avião. O PSB ainda não definiu se Marina será a candidata substituta, mas lideranças dão a escolha como certa.

No levantamento anterior do Datafolha, realizado nos dias 15 e 16 de julho e divulgado no dia 17,Dilma tinha 36%, Aécio, 20%, e Eduardo Campos, 8%.

O percentual de entrevistados que disseram não saber em quem votar ou que não responderam foi de 14% em julho e agora atingiu 9%. Brancos e nulos eram 13%; agora são 8%. O quarto colocado na pesquisa, pastor Everaldo (PSC), aparece com 3% das intenções de voto; no levantamento anterior, tinha os mesmos 3%.

A pesquisa mostra que, se a eleição fosse hoje, haveria segundo turno: Dilma teria 36% contra 46% da soma dos demais candidatos. Na pesquisa anterior, Dilma tinha 36% contra 36% dos demais, o que indicava uma incerteza sobre a necessidade de segundo turno.

O resultado da atual pesquisa mostra que, se for confirmada candidata do PSB no lugar de Campos, Marina começa a campanha em situação de empate técnico com Aécio Neves, numericamente à frente do tucano: 21% a 20%, dentro da margem de erro, de dois pontos percentuais.

Marina larga também em situação de empate técnico com Dilma na simulação de segundo turno: Marina com 47% e Dilma com 43%. O Datafolha não pesquisou um cenário entre Marina e Aécio. No cenário entre Dilma e Aécio, a petista tem 47%, e o tucano, 39%.

O levantamento foi encomendado pelo jornal “Folha de S.Paulo”. O Datafolha ouviu 2.843 eleitores em 176 municípios nos dias 14 e 15 de agosto. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso quer dizer que o instituto tem 95% de certeza de que os resultados obtidos estão dentro da margem de erro.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00386/2014.

Veja os números do Datafolha para a pesquisa estimulada (em que a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado):

- Dilma Rousseff (PT): 36%
- Marina Silva (PSB): 21%
- Aécio Neves (PSDB): 20%
- Pastor Everaldo (PSC): 3%
- José Maria (PSTU): 1%
- Eduardo Jorge (PV): 1%
- Luciana Genro (PSOL): 0%
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%
- Eymael (PSDC): 0%
- Levy Fidelix (PRTB): 0%
- Mauro Iasi (PCB): 0%
- Brancos/nulos/nenhum: 8%
- Não sabe: 9%

Segundo turno
Nas simulações de segundo turno, o Datafolha avaliou os seguintes cenários:

- Marina Silva: 47%
- Dilma Rousseff: 43%
- Brancos/nulos/nenhum: 6%
- Não sabe: 4%


- Dilma Rousseff: 47%
- Aécio Neves: 39%
- Brancos/nulos/nenhum: 9%
- Não sabe: 5%

O Datafolha não realizou a simulação de uma disputa entre Aécio Neves e Marina Silva.

Rejeição
A presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Confira abaixo:

- Dilma Roussef: 34%
- Aécio Neves: 18%
- Pastor Everaldo: 17%
- Zé Maria: 16%
- Eymael e Levy Fidelix e Rui Costa: 13%
- Marina Silva, Luciana Genro e Mauro Iasi: 11%
- Eduardo Jorge: 10%

Avaliação da presidente
A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma tem a aprovação de 38% dos eleitores – no levantamento anterior, divulgado em 17 de julho, o índice era de 32%. O percentual de aprovação considera os entrevistados que avaliaram o governo como "bom" ou "ótimo". A pesquisa mostra ainda que o índice dos que desaprovam a gestão, ou seja, consideraram o governo "ruim" ou "péssimo", foi de 23% (era 29%). Dos ouvidos, 38% consideram o governo como "regular" (mesmo percentual anterior).

O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:
- Ótimo/bom: 38%
- Regular: 38%
- Ruim/péssimo: 23%
- Não sabe: 1%

Revista Novo Perfil Online 
Fonte: G1

sábado, 16 de agosto de 2014

A pesquisa apontava os candidatos Cássio da Cunha Lima (PSDB) com 48%, Ricardo Coutinho (PSB) com 25%, Vitalzinho (PMDB) com 3%. O candidato Major Fábio (PROS) é o quarto colocado na consulta com 1% das intenções de voto. Antonio Radical (PSTU) e Tárcio Teixeira (PSOL) não pontuaram na pesquisa. A soma dos votos brancos, nulos e nenhum somaram 8%; não sabem ou não responderam 14%. Ao todo, 22% dos entrevistados ainda não têm candidato a governado. fechando a penas em 99%. 

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), através da juíza auxiliar da propaganda eleitoral, Niliane Meira Lima, determinou, na noite deste sábado (16), a suspensão da pesquisa 0016/2014, realizada pelo Instituto IPESPE e contratada pelo Jornal da Paraíba. A magistrada ainda fixou multa diária de R$ 50 mil em caso de descumprimento de sua decisão. 

A suspensão da pesquisa IPESPE/Jornal da Paraíba foi solicitada pelo candidato a deputado estadual Leandro Wagner Queiroz Barbosa (PPL), mais conhecido como Léo Cigano do Povo, da coligação "A Força do Trabalho IV", que levantou vários questionamentos em relação à consulta divulgada neste sábado.

Além de suspender a pesquisa, a juíza Niliane Meira Lima determinou que o Jornal da Paraíba publique uma nota em sua próxima edição informando sobre a decisão judicial. “Determino que a Editora Jornal da Paraíba insira na edição do Jornal da Paraíba da edição de 18/08/2014 (segunda-feira) nota de capa, com mesma fonte padrão das demais notícias, informando ao leitor a suspensão da veiculação da pesquisa eleitoral 0016/2014, tratada no jornal de 16/08/2014”, destaca a magistrada em sua decisão.

Segundo o advogado Francisco Ferreira, que representou o candidato do PPL na ação, o IPESP e o próprio Jornal da Paraíba incorreram em várias irregularidades que podem comprometer a lisura do pleito por afronta a legislação. 

Entre as ilegalidades apontadas pelo advogado estão a falta de registro obrigatório de informações exigidas pela resolução 23.400 do TSE, que determina o registro do preço de mercado da pesquisa, além da identificação dos bairros e municípios pesquisados, algo que, segundo ele, não foi observado pelo IPESP. 

“Também solicitamos cópias de todos os questionários aplicados na pesquisa, com dados dos pesquisados, cidade, município, bairro, data e horário, com o objetivo de conferir a veracidade dos números apresentados. Questionamos ainda a falta de informação na divulgação dos dados relativos a quem contratou e pagou pela pesquisa, bem com a veiculação de dados que não foram sequer registrados no TRE”, observou o advogado, que acrescentou: “todos os fundamentos apresentados foram acatados pela magistrada”.

Revista Novo Perfil Online
Fonte: ParlamentoPB

Acesso à rede em lares e residências só é liberado para determinados profissionais; maioria da população usa a web em centros públicos.


HAVANA – Cuba superou em 2013 a marca de um milhão de computadores, mas apenas metade deles tem conexão à internet, enquanto o número de usuários da rede se aproximou dos três milhões, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo Escritório Nacional de Estatística (ONE).

O número de “usuários de serviços de internet” foi no ano passado de 2,9 milhões, o que representou um aumento de 1,8% em relação a 2012 e situa a média em 261 usuários por cada mil habitantes.

Em Cuba não se permite o acesso à rede nos lares, exceto para determinados profissionais como médicos, jornalistas, acadêmicos, intelectuais e artistas, e os moradores da ilha acessam a internet em salas de navegação públicas ou hotéis a preços caros para a maior parte da população.

O aumento em 52 mil internautas aconteceu em um ano em que o governo de Raúl Castro ampliou o número de locais para conectar-se com a abertura de 118 salas de navegação em todo o país.

De acordo com o relatório sobre tecnologias da informação e as comunicações divulgado pela ONE, no ano passado se contabilizaram mais de um milhão de computadores pessoais na ilha, o que representa 90 computadores por cada mil habitantes, apesar de apenas 514.400 estarem conectados à rede.

Em 2012 já havia sido ultrapassada a barreira dos 800 mil computadores pessoais, um dado que foi crescendo paulatinamente desde os 630 mil de 2008, quando o governo autorizou a venda livre destes equipamentos a particulares.

A aquisição destes computadores segue longe do alcance da maioria dos cubanos, já que são vendidos a preços que oscilam os 600 CUC e 800 CUC (moeda forte equivalente ao dólar).

O relatório do ONE indica também que o número de assinantes de telefones celulares se aproximou dos dois milhões, com 1.995.700 clientes, o que representa uma cobertura de 85,3%.

Embora esta porcentagem seja a mesma de 2012, a telefonia celular é um dos serviços mais dinâmicos no setor das telecomunicações desde que o governo autorizou o acesso livre, também em 2008.


Revista Novo Perfil Online
Fonte: Blogs.estadao
Por: Agências


Conselho Nacional de Segurança em Transportes americano está no País, pois tragédia envolve aeronave fabricada nos EUA.


SÃO PAULO - Uma equipe do Conselho Nacional de Segurança em Transportes (NTSB, na sigla em inglês) dos Estados Unidos foi enviada ao Brasil para ajudar na investigação das causas do acidente que matou o candidato à presidência Eduardo Campos e outras seis pessoas na última quarta-feira, 13. Segundo o NTSB, o investigador Tim Monville, que foi designado para o caso, chegou a Santos na sexta-feira, 15.

"Como o acidente envolve um avião fabricado nos EUA, sob as regras do Anexo 13 da Organização Internacional de Aviação Civil, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) do Brasil notificou o NTSB", afirmou o órgão norte-americano em comunicado.

O NTSB destacou que a investigação está sendo conduzida pelo Cenipa e que o órgão brasileiro vai divulgar todas as informações relacionadas ao caso. Monville está acompanhado por consultores técnicos da Administração Federal de Aviação dos EUA e da Cessna Aircraft Company, fabricante do jato Cessna 560XL.

Revista Novo Perfil Online
Fonte: O Estadão
Foto: Facebook




sexta-feira, 15 de agosto de 2014


Uma ação civil pública do Ministério Público da Paraíba (MPPB) está requerendo junto à Justiça a condenação do prefeito de Jacaraú, João Ribeiro Filho (PMDB), por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito. Na ação, de autoria do promotor de Justiça de Jacaraú, Marinho Mendes Machado, o prefeito é acusado por compra irregular de peças de automóveis no valor de R$ 40.926,00, com fraude na aquisição de notas fiscais. Com base nos autos do inquérito civil 001/2014, a ação também solicita o afastamento do prefeito do cargo.

O município de Jacaraú, localizado no Litoral Norte do estado da Paraíba, na Região do Vale do Mamanguape, possui uma população de 14 mil habitantes e está distante a 96 quilômetros da capital, João Pessoa.

“A conduta criminosa praticada pelo prefeito pode ser enquadrada como ato de improbidade, que importa enriquecimento ilícito, pois, com a compra das notas fiscais constantes no inquérito civil público, fica devidamente comprovado que ele recebeu para si dinheiro, de forma direta, a título de percentagem, da empresa à qual se associou para a prática do ato de improbidade”, diz o promotor de Justiça na ação civil pública.

A ação cita o artigo 9º da Lei da Improbidade Administrativa: “Constitui ato de improbidade administrativa importando enriquecimento ilícito auferir qualquer tipo de vantagem patrimonial indevida em razão do exercício de cargo, mandato, função, emprego ou atividade nas entidades mencionadas no artigo 1° desta lei”.

Os fatos

De acordo com os autos do inquérito civil anexo, a Prefeitura de Jacaraú, por meio do prefeito João Ribeiro, celebrou contrato com a empresa Elizimário Edilson de Araújo, de Natal (RN), visando a aquisição de peças para automotores da administração municipal local. Após inspeção fiscal realizada pela Secretaria da Fazenda do Estado do Rio Grande do Norte, constatou-se que a empresa é registrada na Receita Federal com capital zero e realizou operações de saída com nota fiscal no valor de R$ 38.318,99, principalmente para a Prefeitura de Jacaraú, sem registro de entradas das possíveis mercadorias contratadas e pagas.

Após diligências realizadas no endereço da empresa pela Secretaria da Tributação do Rio Grande do Norte, constatou-se que ela não se encontra exercendo qualquer atividade no endereço fiscalizado.

Diante dos fatos acerca da malversação do dinheiro público do município, a Promotoria de Justiça de Jacaraú instaurou inquérito civil público. “Verificou-se e constatou-se que a Prefeitura de Jacaraú, por meio do prefeito João Ribeiro, comprou de forma fictícia, causando sérios prejuízos à edilidade, com seu enriquecimento ilícito, autopeças que somaram a quantia de R$ 40.926,00”, ressalta o promotor na ação civil pública. “Essa conduta pode ser tida como compra de nota fiscal para justificar gastos em balancetes”.

“Visando maquiar a descompostura ilícita”, diz a ação, “o gestor de Jacaraú determinou que fosse realizada uma licitação na modalidade ‘carta convite’, à qual recebeu o número 00012/2013, procedimento levado à termo com a vontade consciente de mascarar a fraude na aquisição das notas fiscais”.

Revista Novo Perfil Online
Fonte: Portalmidia
Morreu, na manhã desta sexta-feira (15), aos 67 anos, a viúva de Reginaldo Rossi, Celeide Neves, oito meses após o falecimento do Rei do Brega. A notícia foi confirmada pelo amigo da família José Roberto e pelo empresário de Rossi Sandro Nóbrega.

Celeide estava internada no Memorial São José desde a última quarta-feira. Ela foi socorrida após passar mal, por volta das 11h, e internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) depois um princípio de infarto. Na tarde de quinta-feira (14) passou por uma angioplastia. E nesta sexta-feira (15), não resistiu após sofrer uma parada cardíaca.

A família aguarda o retorno do único filho do casal Roberto Rossi. Ele é ator e mora no Rio de Janeiro. O empresário de Rossi Sandro Nóbrega, já confirmou que o velório será realizado no sábado (16), a partir das 10h, e o sepultamento, no domingo (17), às 11h, ambos no Cemitério Morada da Paz. O corpo de Celeide será sepultado no mesmo jazigo onde está Reginaldo Rossi.

Revista Novo Perfil Online
Fonte: ExpressoPB


POLÍTICA

POLICIAL

EVENTOS

ESPORTES

CURIOSIDADES

CANAL CNP

Publicidade: