F Revista Novo Perfil

Revista Novo Perfil Inicio

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

A partir deste sábado, arriscar-se em ultrapassagens perigosas vai custar mais caro para motoristas que forem flagrados pela fiscalização. Nesta data entra em vigor a lei federal que altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Entre as onze mudanças no código, estão as que aumentam a multa para esse tipo de infração e ainda as que endurecem o valor imposto a motoristas que praticam rachas. Em 2013, foram registadas 285.889 infrações, em casos que sofrerão punição mais severa; este ano, elas já somam 233.077.

No caso de ultrapassagens em que se força uma manobra perigosa com veículo vindo em sentido contrário, o valor da penalidade aumenta mil por cento, de R$ 191,54 para R$ 1.915,40. A multa para quem ultrapassar pelo acostamento, hoje de R$ 127,69, passará a R$ 957,70, uma alta de 650%. E as ultrapassagens em local proibido sofrerão reajuste de 500%, indo dos atuais R$ 191,54 para R$ 957,70. A percentagem valerá ainda para infrações como ultrapassagem em subidas, curvas e locais sem visibilidade.

Os rachas, se terminarem em acidente com morte, poderão levar o culpado a passar de cinco a dez anos na prisão. Sem vítimas, se a prática for flagrada, pode terminar em pena de três anos de prisão para os motoristas, e em multa mais cara: dos R$ 574,62 atuais, passará para R$ 1.915,40. Caso haja vítimas não fatais, a pena prevista no código modificado é de seis anos de prisão.

De acordo com o Denatran, as infrações, além de passíveis de cobranças mais caras, são consideradas gravíssimas e valem a retirada de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação. A nova lei prevê ainda que ultrapassagens perigosas e rachas custem aos motoristas envolvidos 12 meses sem o direito de dirigir. Já se o culpado for reincidente, o valor da multa dobra.

Em nota, o Denatran afirmou que "o objetivo das mudanças é aumentar a segurança de motoristas e pedestres e das infraestruturas urbanas numa combinação de medidas que inclui a cooperação nacional, a partilha de boas práticas, a realização de estudos de investigação, a organização de campanhas de sensibilização e a adoção de regulamentação". No texto, o órgão diz ainda que pretende "incentivar os motoristas a conduzirem os veículos de forma segura".

A Polícia Rodoviária Federal informou que, como os pardais não conseguem detectar detalhes além de excesso de velocidade, a fiscalização será feita "onde houver presença de agente de trânsito ou aparelhos de videomonitoramento".

MAU RESULTADO A LONGO PRAZO

Especialistas consultados pelo GLOBO, entretanto, questionam se a lei será cumprida a longo prazo. Concordam, entretanto, que a curto prazo, vai coibir os motoristas na prática de ultrapassagens e rachas.

- A história do Brasil demonstrou, em várias oportunidades, que esse agravamento das penalidades ataca os sintomas, e não ataca as causas - analisa o pesquisador da Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais responsável pelo Mapa da Violência no Trânsito, Julio Jacobo. - Todas as medidas e as proibições darão um resultado imediato, as taxas vão começar a cair, mas, em pouco tempo, vão aumentar de novo.

Para Jacobo, o agravamento das penas sem a melhoria das condições de fiscalização e campanhas educativas pelos órgãos competentes sinaliza uma transferência de responsabilidade total para os motoristas. Segundo ele, três grandes problemas acometem o sistema de trânsito no país: a falta de fiscalização adequada, a falta de educação no trânsito, e a falta de leis que sigam além das multas e não "responsabilizem só as vítimas" pelos acidentes.

- Não se regula só com multa. Regula-se com educação, com fiscalização, com leis em que o poder público assuma as responsabilidades - acrescentou.

O engenheiro Fernando Diniz, fundador da ONG Trânsito Amigo, disse concordar com o aumento das multas, e acredita que na "fase inicial", a regra será respeitada.

- A sociedade pode ter todo e qualquer tipo de lei mais ampla e severa que seja, mas, se não houver uma mudança de comportamento de todos, não se conseguirá o cumprimento total da lei. As pessoas estão morrendo cada vez mais, estão se matando (no trânsito). Um exemplo: no primeiro momento, todo mundo usava o cinto de segurança para não levar multa, mas, depois, isso parou.

Revista Novo Perfil online
Fonte: O Globo via Click PB

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

O resultado das eleições do primeiro Turno já foi avaliado por todos. E como bem sabemos no primeiro turno em Belém existiam três forças políticas bem definidas: o prefeito Edgard Gama, apoiando Ricardo Coutinho que obteve 33,50 % (trinta e três, cinqüenta por cento) do eleitorado, em números de votos 2.955 (dois mil novecentos e cinqüenta e cinco); Roberto Flavio, apoiando Vital do Rego que obteve 13,42% (treze, quarenta e dois por cento), do eleitorado, em números de votos 1.194 (hum mil cento e noventa quatro) e os irmãos Tarcisio e Ricardo Marcelo, que juntos apoiaram Cássio Cunha Lima, sendo vencedores no primeiro turno com 52,73% (cinqüenta e dois, setenta e três por cento) do eleitorado Belenense, em números 4.651 (quatro mil seiscentos cinqüenta e um) votos. O que é de conhecimento de todos na cidade de Belém.   
Já no segundo turno a conjuntura mudou porem os ânimos não. Roberto Flavio como não tinha mais candidato para apoiar e o partido ao qual ele faz parte (PMDB), declarou apoio A Ricardo Coutinho e contrariado a expectativa de alguns cassistas, Roberto seguiu o PMDB. Já Tarcisio Marcelo, homem experiente na política, aliado de primeira hora de Ricardo Coutinho em 2010, tato é verdade que indicou a maioria dos cargos do Estado na cidade. No primeiro turno, seguindo a tendência dos ventos das pesquisas , correu logo para se abrigar próximo da muralha de votos de Cássio Cunha Lima, largando o projeto político ao qual ele foi muito beneficiado e ate pouco tempo havia feito um discurso na passagem do governador por Belém defendendo esse projeto. Pois bem, após o resultado das eleições e com a nova conjuntura os ventos mudaram de direção, assim como as pesquisas, dai quem é como folha seca e vai para onde o ventos o leva. Não perdeu tempo a demora foi só a primeira pesquisa do IBOPE ser divulgada com Ricardo Coutinho a frente para o Maestro retirar a foto do tão adorado Cássio Cunha Lima da Casa Amarela, e mandar meia dúzia de seguidores, os primos, espalharem, que agora Tarcisio era 40.
Mas vamos voltar a analise dos números. É sabido que quando alguém declara apoio a um projeto político diferente do que apoiou no primeiro turno a tendência é que os resultado se alterem, aquele que perdeu o apoio é natural que baixe e o que recebeu o apoio suba. Pois bem, vejamos. No primeiro turno Ricardo Coutinho obteve exatos 33,50% ou (2.955 votos) do eleitorado já no segundo turno Ricardo Passou para 48,32% ou (4.554 votos) do eleitorado Belenense aumentando em termos percentuais exatos 14,82%, apenas 1,40% (um, quarenta ponto por certo)  há mais que a votação de Vital obtida por Roberto no primeiro turno. Já Cássio Cunha Lima no Primeiro Turno obteve 52,73% ou (4.651 votos) e no segundo turno impressionante mesmo perdendo o apoio de Tarcisio Marcelo, Baraúna da política Belenense; três vezes prefeito de Belém, duas vezes Deputado Estadual, líder político consolidado em Belém, pasmem junto comigo! Cássio Cunha lima não perdeu um voto se quer em relação ao primeiro turno mesmo perdendo o apoio de TM. Ao invés disso aumentou a votação de 4.651 para 4.870 votos.
A pergunta que eu faço é: Tarcisio Marcelo traiu o governador Ricardo Coutinho mais uma vez ou foi o povo?  O Povo de Tarcisio o abandonou deixando-o sem liderança? Onde está o maestro que arrastava multidões?  Ou será que foi uma tentativa de enganar o coletivo Girassol, para conservar os benéficas do Estado?
Por Henrique Filho

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Resultado final das eleições 2014 na Paraíba e no Brasil Ricardo Coutinho foi reeleito Governador com 1.125.956 (hum milhão cento e vinte cinco mil novecentos cinquenta e seis) de votos. Cássio Cunha Lima perdeu por uma diferença de 111.561 (cento e onze mil, quinhentos e sessenta e um) de votos, obtendo 1.014.395 (hum milhão e quatorze mil, trezentos e noventa e cinco) de votos na Paraíba. No Brasil Dilma Rousseff foi reeleita presidente da Republica.

Revista Novo Perfil
Imagem: UOL
Com 100% das urnas apuradas, a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) venceu as eleições de 2014 em 15 estados, e Aécio Neves (PSDB), em 11 e no Distrito Federal. As informações são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Veja mapa da apuração completo

No primeiro turno, Dilma venceu em 15 estados, Aécio em nove e no Distrito Federal, e Marina Silva (PSB), em dois. Aécio reverteu seu resultado anterior vencendo no Rio Grande do Sul. Nos estados em que a maioria havia votado em Marina, Dilma venceu em Pernambuco, e Aécio no Acre.
mapa estados

Revista Novo Perfil 
Fonte G1

sábado, 25 de outubro de 2014

O horário de votação no 2º turno das eleições, que acontece no domingo (26), não vai sofrer alterações na Paraíba, de acordo com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides. Com isso, os eleitores paraibanos devem comparecer às urnas nos mesmos horários de votação do primeiro turno, entre 8h e 17h em horário local.

De acordo com Saulo Henriques, a não alteração no horário se deve ao fato de que a Paraíba não participa do Horário Brasileiro de Verão este ano, que teve início à 0h do domingo (19). Como os relógios estarão adiantados nos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além do Distrito Federal, a divulgação dos resultados da apuração dos votos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) só poderá ser feita a partir das 19h no horário local (20h em Brasília).

Biometria
O presidente do TRE-PB explica também sobre a importância dos eleitores levarem um documento de identificação com foto na hora em que forem para as seções eleitorais. “Embora nos municípios onde a votação é feita com biometria o eleitor possa ser identificado apenas pela digital, nós recomendamos que leve um documento com foto para no caso de por alguma razão a identificação biométrica não se efetivar ele está preparado para se identificar através do documento e votar assinando o caderno de votação”, disse.

Segundo uma resolução do TSE, os mesários devem tentar captar a digital do eleitor por oito vezes e, caso não seja possível, a urna deve ser liberada para o voto somente com a identificação através de documento com foto e assinatura. O TRE recomenda que os eleitores evitem o uso de hidratantes, cremes ou óleos nas mãos antes de votar pois isso pode interferir na leitura das digitais e dificultar a identificação.

Revista Novo Perfil online
Fonte: G1 PB

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Keith Kelley e Kelly Sziy capturaram um aligátor de 347 quilos e 4,11 metros
Os americanos Keith Kelley e Kelly Sziy capturaram um aligátor (jacaré americano) de 347 quilos e 4,11 metros de comprimento no rio St. Johns, no estado da Flórida (EUA).

Dupla lutou durante quatro horas com o enorme réptil
A dupla contou que lutou durante quatro horas com o enorme réptil. O tamanho do jacaré assustou Keith e Kelly, já que ele era quase do mesmo tamanho do barco em que estavam.

Keith disse que pensou que fossem precisar de um barco maior, já que o que eles estavam media apenas 5,2 metros. "Eu nunca tinha visto um jacaré tão grande", disse ele.

Revista Novo Perfil online
Fonte: G1
Fotos: Reprodução/Facebook/Kelly Sziy

domingo, 19 de outubro de 2014

Estudantes que foram fazer a seleção para estagiários da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) foram surpreendidos com o fechamento dos portões do IFPB e Unipê às 8h por conta do horário de verão. A confusão começou porque, segundo a candidata Heloísa Leiros, no edital não havia a informação de que a prova seria no horário de verão.

Alguns candidatos inconformados fizeram protesto na frente dos dois estabelecimentos e tiveram a informação de que a alteração no edital ocorreu às 0h deste domingo (19), o que causou revolta. A Polícia Militar foi acionada para conter os ânimos.

Heloísa Leiros informou que os candidatos prejudicados elaboraram um abaixo assinado e vão prestar queixa na delegacia para tirar um Boletim de Ocorrência e recorrer na justiça contra o órgão organizador.

O edital de processo seletivo para estudantes de nível técnico e superior foi elaborado pelo Centro Integrado Empresa Empresa Escola com oferta de vagas para ingresso no programa de estágio da Cagepa com vagas para 18 cursos de nível superior e outras oito para nível profissionalizante.

Revista Novo Perfil online
Fonte: G1 PB

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Instituto ouviu 812 eleitores entre os dias 14 e 16 de outubro.
Margem de erro é de três pontos, para mais ou para menos.
Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (17) aponta os seguintes percentuais de intenção de votos válidos na corrida para o governo da Paraíba:

Ricardo Coutinho (PSB) – 53%
Cássio Cunha Lima (PSDB) – 47%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

A pesquisa foi encomendada pelas TVs Cabo Branco e Paraíba.

É o primeiro levantamento divulgado pelo instituto no segundo turno da eleição para governador da Paraíba.

Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:

Ricardo Coutinho (PSB) – 48%
Cássio Cunha Lima (PSDB) – 42%
Branco/nulo – 6%
Não sabe/ não respondeu – 4%

O Ibope fez a pesquisa entre os dias 14 e 16 de outubro. O instituto ouviu 812 eleitores. A margem de erro é de três pontos, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número PB-00046/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-01106/2014.

1º turno
No primeiro turno, Cássio teve 47,44% dos votos válidos e Ricardo, 46,05% (veja os números completos da apuração).

Nesta quarta-feira 15 de outubro de 2014, a AVON, através da gerente de vendas da região Rita de Cássia Barbosa, promoveu o dia de prevenção e combate ao câncer de mama, colocando a cidade em destaque na campanha Outubro Rosa.

O evento teve o incentivo de varias entidades particulares a exemplo do HidroVida e outros e também a participação da prefeitura municipal. O evento que ocorreu durante todo o dia teve inicio com uma caminhada das mulheres pelas ruas de Belém, tendo sua concentração na Praça 6 de Setembro onde estava instalado o caminhão equipado com um mamógrafo para realizar as mamografias.
Segundo Rita de Cássia foram realizadas em Belém 80 mamografias e como a procura foi muito grande ainda 16 belenenses realizaram o exame na cidade de Solânea no dia 16 através da mesma campanha.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), para o ano de 2014, a estimativa é que mais de 57 mil novos casos de câncer de mama sejam descobertos no Brasil, o que corresponde a 156 casos novos a cada dia. Quando diagnosticado no início, a chance de cura é de até 90%. Daí a importância de uma ação como está. 

Por Henrique Filho


























quarta-feira, 15 de outubro de 2014

A Secretaria Municipal de Saúde de Serra da Raíz realiza entre os dias 13 a
17 de outubro uma programação especial voltada para o Outubro Rosa que visa chamar atenção, diretamente, para a realidade atual do câncer de mama e a importância do diagnóstico precoce, é uma mês especial para cuidar da saúde da mulher.

PROGRAMAÇÃO:

Dia 13/10 Em frente a Unidade de Saúde

1. Abertura com café da manhã

2. Exames de Mamografia (manhã e tarde)

3. Aferição de Pressão Arterial (manhã e tarde)

4. Verificação da Glicemia Capilar (manhã e tarde)

5. Realização de Exames Citológicos (manhã e tarde)

Dia 14/10

Manhã
1. Apresentação de vídeo sobre o câncer

2. Depoimento de paciente

3. Apresentação de vídeo educativo do Auto Exame da Mama

4. Distribuição de Folder sobre o Outubro Rosa

5. Coffe Break

Tarde em frente a unidade de Saúde

1. Dinâmica integrativa

2. Palestra- mitos e verdade sobre o câncer de Mama e Color 

3. Música relaxante e alongamentos

4. Coffe Break

Dia 15/10 

Manhã08:00h: realização de Exames Clinicos com o Dentista para as mulheres a partir de 40 anos

Tarde 14:00h palestra expositiva com o Enfermeiro sobre a prevenção do câncer de mama do colo do útero.



Dia 16/10

Médico Ultrassonografista realizando Ultrassom Mamaria e Obstétrica.

Noite as 19:00h santa Missa dedicada as mulheres sobre o OUTUBRO ROSA.

Dia 17/10 

Manhã show musical ao vivo e sorteio de brindes



POLÍTICA

POLICIAL

EVENTOS

ESPORTES

CURIOSIDADES

CANAL CNP

Publicidade: